Quem foram as 11 pessoas denunciadas pelo MP

Redação Diário | Diário Botucatu

1 – João Cury Neto – Ex-prefeito de Botucatu (2009-2016) e atual presidente do FDE-SP.

2 – Ademir Carlos Belinato – dirigente da empresa Vale do Rio Novo, com sede em Avaré (SP).

3 – Aziz Jorge Haddad – dirigente da empresa Vale do Rio Novo, com sede em Avaré (SP).

4 – A Empresa Vale do Rio Novo Engenharia e Construções – Pessoa Jurídica que assinou o contrato com a Prefeitura de Botucatu para fornecimento de massa asfáltica.

5 – André Peres – Na época dos fatos (março de 2009) era funcionário de carreira da Garagem Municipal. No segundo mandato de João Cury (2013-2016) foi nomeado para ser Secretário de Obras. Em 2016, foi eleito na chapa do PSDB para ser vice-prefeito de Botucatu, função política que exerce atualmente.

6 – Edson Bertani – Secretário de Obras no Governo João Cury

7 – Luiz Augusto Felippe, o Tutão – Presidente da Copel e depois nomeado Secretário da Fazenda durante o Governo João Cury.

8 – Andrea Cristina Amaral – Presidente da Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura de Botucatu durante o Governo João Cury.

9 – Fábio Valentino – Presidente da Copel e Assessor de Negócios Jurídicos da Prefeitura de Botucatu durante o Governo João Cury.

10 – Mauricio Sérgio Forti Passaroni – Assessor de Negócios Jurídicos da Prefeitura de Botucatu durante o Governo João Cury.

11 – Flávio de Paula Presti – Servidor de carreira da Prefeitura Municipal de Botucatu.

Veja também: