Prefeito apresenta projeto de criação do Distrito Industrial IV

O prefeito João Cury Neto (PSDB) esteve na manhã de segunda-feira (31) na Câmara Municipal de Botucatu, acompanhado do secretário Edison Baptistão, da Indústria, onde encontrou o presidente do Legislativo, vereador André Rogério Barbosa, o Curumim (PSDB) e deu entrada no Projeto de Lei que cria o novo Distrito Industrial de Botucatu, ou Distrito IV, ao lado do Distrito III, às margens da Rodovia Marechal Rondon.

projeto1Divulgação

A área tem 396.000 m²,sendo 219.000 a serem ocupados por empresas e o restante para sistema viário e área verde. “Assim que a Câmara aprová-lo nós iremos iniciar o processo de cessão das áreas para as mais de 60 empresas que estão negociando a sua implantação no novo distrito. Esse é um legado que deixamos para nossa cidade, mais emprego e desenvolvimento para os próximos 20 anos”, declara o prefeito.

Na área do Distrito IV, lembra o prefeito, foram reservados 88 mil metros quadrados como área de preservação ambiental, onde serão plantadas 7.000 árvores.

A expectativa, com as quase 60 empresas que assinaram um termo de compromisso com a Prefeitura para se instalarem no novo distrito, é gerar mais de 2.000 empregos.

No dia 7 de outubro o prefeito já havia anunciado a última licença ambiental que faltava para a abertura do Distrito Industrial IV. Na ocasião, ele também revelou que seriam levados os documentos para serem registrados no cartório de imóveis para depois começar as obras de infraestrutura do local.

“Para vocês terem uma ideia o último Distrito Industrial aberto em Botucatu foi no governo Pedro Losi em 1998, conhecido como Distrito III. Quase 20 anos atrás!”, lembra o prefeito.

Segundo o secretário Edison Baptistão, o projeto entregue na Câmara ainda vai tramitar nas comissões internas da Casa de Leis para ser votado dentro de 15 ou 20 dias. “A previsão é começar a infraestrutura entre o final de novembro e o começo de dezembro, inicialmente abrindo as ruas”, diz o secretário.

Proposta de novo distrito surgiu em 2014

Em 2014 o prefeito João Cury Neto (PSDB) apresentou a proposta de criação do novo Distrito Industrial. O projeto, conta o secretário Edison Baptistão envolve a criação de 140 lotes. A metragem mínima será de 1.000 m² por lote.

As ruas projetadas, segundo o anúncio feito na época, terão 20 metros de largura e o empreendimento contará com infraestrtutura completa (água, esgoto, energia elétrica, guias, sarjetas e asfalto).

Veja também: