Multa por não retirar placa de campanha pode chegar a R$ 8 mil

Prazo encerra no dia 2 de novembro

Todas as placas precisam ser retiradas até o dia 2 de novembroArquivo Diário
Todas as placas precisam ser retiradas até o dia 2 de novembro

Até dia 2 de novembro os políticos que disputaram as eleições de 2 de outubro precisam retirar suas placas de campanha espalhadas pela cidade. A pena é de multa e a mesma pode variar de R$ 2 a R$ 8 mil.

“Depende da incidência”, explicou Igor Ignácio, chefe do Cartório Eleitoral de Botucatu, sobre as multas.

Em bens públicos não são permitidas placas, então a retirada se refere a terrenos e residências. Mas e no caso do proprietário do imóvel querer manter a propaganda no local?

“Em tese tem que retirar, mas o dono pode dizer que quer deixar. Uma das justificativas que vemos é essa, a pessoa deixar e mostrar em quem votou. Mas em regra é para retirar. Há quatro anos, na eleição anterior, não tivemos nenhuma multa. Antes notificamos de que está em determinado lugar, o candidato vai lá e retira. Mas teve candidato que teve que arrumar problema com o dono que não queria tirar. O candidato vai ter que justificar isso, caso ocorra. É uma questão de responsabilidade do candidato colocar nos locais e retirar”, disse o chefe do Cartório Eleitoral.

Veja também: