Câmara vota doação de imóvel a Fundo de Arrendamento Residencial

Será votado em sessão extraordinária nesta quarta-feira (12), a partir das 10 horas na Câmara Municipal de Botucatu, Projeto de Lei de iniciativa do prefeito Mário Pardini (PSDB) que dispõe sobre a doação de imóvel ao FAR –  Fundo de Arrendamento Residencial, tendo como agente gestor operacional a Caixa Econômica Federal.

Trata-se de uma área de 70.735,27m², localizada na Estrada Municipal Alcides Soares, denominado Chácara Cachoeirinha ou Cachoeira, na região do Jardim Ciranda, para a construção de 500 unidades habitacionais da Faixa I do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Sidney Trovão
Prefeito Mário Pardini destaca também a geração de empregos

A área em questão está avaliada em R$ 2.320.000,00, sendo que, de acordo com o projeto, a donatária terá o prazo de 18 meses para dar início à construção das unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, cujo prazo será contado a partir da publicação da Lei.

As casas em questão serão da Faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida, que atende atualmente famílias com renda mensal limitada a R$1.800,00, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00. “O Município de Botucatu possui hoje aproximadamente 5.000 (cinco mil) famílias que se situam nessa faixa de renda e que não possuem casa própria”, justifica o prefeito.

Outro argumento do prefeito sobre a importância do projeto é que, “se o Município for contemplado, além de beneficiar diretamente 500 famílias com a obtenção da casa própria, propiciará investimentos da ordem de R$ 42 milhões com a geração de aproximadamente 1.000 empregos”.

Veja também: