Verão: cuidado com os raios

No verão as chuvas com raios são mais frequentes e com isso os acidentes tambémCinthia Souza | Diário Botucatu
No verão as chuvas com raios são mais frequentes e com isso os acidentes também

Estamos vivendo o verão, a estação conhecida por suas tempestades volumosas e cheias de descargas elétricas. O Brasil, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), é o país que mais tem descargas elétricas do mundo e, por isso, os cuidados para prevenir acidentes durante as tempestades devem ser maiores.

Ainda segundo o INPE, no ano passado, 45 pessoas morreram em decorrência a descargas elétricas e no verão é quando a maioria dos casos são registrados. No geral, as vítimas de descargas elétricas por raios são atingidas por não tomarem os cuidados básicos, como procurar lugares seguros para se abrigar ou ficarem longe de equipamentos elétricos. Como forma de orientação, o Diário traz algumas dicas que podem evitar acidentes graves com raios.

Tempestade e ar livre não funcionam: Quando uma tempestade se formar, o melhor é evitar praticar atividades físicas ao ar livre. Praticar esportes, atividades agropecuárias ou simplesmente ficar passeando pela praia são um risco a mais. Afinal, a pessoa se torna o principal para-raios, atraindo as descargas. Aliás, esta circunstância é a que mais mata pessoas no Brasil. Sacadas e varandas também não são seguras. O melhor é ficar dentro de casa com portas e janelas fechadas.

Ficar dentro ou fora do carro? Você está no trânsito e começou uma tempestade com raios, é melhor sair ou ficar no carro? Segundo especialistas, dentro do carro é mais seguro. Estar do lado de fora é perigoso, pois o metal do veículo pode transmitir eletricidade.

Desconecte: Ficar próximo a objetos que conduzem energia, como telefone com fio, celulares conectados no carregador, eletrodomésticos como geladeiras, e outros objetos metálicos, ou ainda chuveiros elétricos, tornam a pessoa o ponto final caso haja uma descarga elétrica e o choque será inevitável.

 

Dados INPE

Veja também: