Pokémon Go recebe 2ª geração

Madrugada de sexta-feira (17) foi agitada para os treinadores pokémon brasileiros com a gen 2 à solta!

Mais de 80 novos pokémons estão espalhados pelo mundoReprodução
Mais de 80 novos pokémons estão espalhados pelo mundo

O que parecia ser apenas mais uma atualização de rotina do game Pokémon Go surpreendeu muita gente. A segunda geração de pokémons foi incluída  no começo da madrugada de sexta-feira (17), junto com mais uma atualização do game. Além do gen 2, também foram feitas alterações no layout do jogo e na música do gameplay.

O game que foi lançado no começo de agosto do ano passado no Brasil, estava sofrendo com a perda de interesse dos usuários, o que fez com que o número de acessos caísse significantemente após os três primeiros meses de sucesso absoluto, com milhões de contas ativas dia e noite.

Sem muitas novidades atrativas, o aplicativo que conquistou recorde de downloads nas lojas virtuais em seu lançamento mantinha-se com uma fã base razoável, após a febre inicial. Com um grande número de players inativos, já era hora de fazer algo para atrair novamente os apelidados treinadores.

Logo após o anúncio da atualização que trouxe 80 espécies inéditas de pokémons, além de novas evoluções para alguns dos monstrinhos antigos, a conta oficial do Pokémon Go no Twitter anunciou o grande número de acessos nos servidores mundiais do jogo. Em seguida, contou que a quantia de contas inativas sendo novamente usadas era fantástica e agradeceu a paciência dos treinadores – apelido carinhoso dado aos jogadores do game.

Apesar de uma leve oscilação na conexão do jogo, algumas praças do centro de Botucatu foram tomadas por treinadores curiosos em conseguir novos pokémons para registrarem em suas pokédex. Chuvas de pétalas cor-de-rosa podiam ser novamente encontradas no mapa do jogo, como não se via desde o final de 2016.

Vários novos monstrinhos estão perambulando pela cidade e podem ser encontrados com facilidade pelos treinadores.

Além dos novos pokémons, frutas diferentes e pedras especiais foram colocadas nos pokéstops. Ambos os itens fazem parte de uma novidade no jogo, tanto para o ato de capturar os monstrinhos, quanto para evoluí-los.

Junto da novidade, surgiu o rumor de que o besouro “Heracross” era exclusivo da América Latina, contudo, treinadores dos EUA relataram que conseguiram encontrar o monstrinho em suas cidades. Ainda assim, nenhuma nota oficial foi lançada sobre o assunto.

Após a inclusão do gen 2, os treinadores novamente cobraram a Niantic, distribuidora do game, sobre a possibilidade de trocar pokémon com outros treinadores. A resposta dada foi positiva. O sistema de trocas fará parte do jogo em um futuro próximo.

Com a gen 2, Eevee ganhou duas novas evoluções: Umbreon e EspeonReprodução
Com a gen 2, Eevee ganhou duas novas evoluções: Umbreon e Espeon

Eevee e suas novas evoluções

Para controlar a evolução do Eevee logo na primeira geração, o segredo era renomeá-lo como Rainer, Sparky ou Pyro, para se obter um Vaporeon, Flareon ou Jolteon, respectivamente. Quem assistiu ao anime Pokémon, sabe que Rainer, Sparky e Pyro eram os nomes dos treinadores de Eevees que possuíam as três evoluções deste mesmo pokémon.

De acordo com o site Bulbapedia, nos outros jogos da franquia de Pokémon, as chamadas “Kimono Girls” são igualmente treinadoras de Eevees que possuem novas evoluções do monstrinho. No anime Pokémon, Espeon era propriedade da Kimono Girl chamada Sakura, enquanto Umbreon era propriedade da Kimono Girl chamada Tamao.

Sendo assim, descobriu-se que, para garantir as duas novas evolução do Eevee, basta renomeá-lo com os nomes das treinadoras. Quem quiser um Espeon, basta renomear o Eevee como “Sakura” e, em seguida, colocá-lo para evoluir, já com o nome novo. Para garantir uma evolução em Umbreon, renomeie o Eevee como “Tamao”, seguindo os mesmos passos.

Confira como ficaram os ovos com a gen 2:

ovosReprodução

Veja também: