MULTAS CRESCEM NAS RODOVIAS FEDERAIS

Redação Diário | Diário Botucatu
A tecnologia e os contratos de terceirização da fiscalização garantem o crescimento vertiginoso da arrecadação de uma “negócio” que se consolida em todo o país
FOTOS: DIVULGAÇÃO

A arrecadação cresceu 273% apenas nos últimos cinco anos. E o sistema já está multando hoje o triplo de motoristas que multava em 2012.

Neste mesmo período a frota de carros cresceu apenas 33%. Tem alguma coisa errada. Ou ficamos todos mais “errantes”, ou a Indústria da Multa está se tornando um “negócio da china”, fincando suas raízes definitivamente em solo brasileiro.

E com a nossa cultura do “jeitinho”sempre presente por perto de alguns dos homens e mulheres que têm a caneta que autoriza a expansão orgânica do sistema: aquele que multa com uma simples fotografia. Se você tiver alguma sorte, o equipamento pode estar com manutenção em dia. Se tiver azar, pode estar programado pra te multar mesmo que você esteja em velocidade um pouco mais baixa.

Quem vai saber?!

É o Brasil.

Um país onde a gente não confia nem em jogo de loteria, quanto mais em contrato de terceirização de fiscalização de trânsito para empresa privada: a maioria, como todo mundo sabe, um simples e básico jogo de cartas marcadas, abençoado por uma montanha de papéis que chamam de licitação ou concorrência pública.
Antes da empresa que opera o sistema chegar em qualquer cidade, tenha uma dúvida: já pode ter gente influente sabendo no que vai dar, quem vai ganhar e quem vai perder.

Nunca tem mistério.
Nunca, não.
Desculpe o exagero.
Quase nunca.

Tem muito prefeito sério por aí, agindo de forma transparente no trato da coisa pública.

Na sua cidade pode ser assim. Ou não?!

Quem vai saber?!

Tenha um bom dia.

Independente se você sabe que em muito lugar pode ser assim ou se acredita em Papai Noel.

Veja também: