Jovens da Fundação CASA de Botucatu fazem prova do Enem PPL

Provas do exame para pessoas privadas de liberdade acontecem nos dias 12 e 13 de dezembro

Reprodução

Dois jovens que cumprem medida socioeducativa no centro da Fundação CASA da cidade de Botucatu, participarão, nos dias 12 e 13 de dezembro, das provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade, o Enem PPL

Ao total, foram inscritos 332 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de internação em 86 centros de atendimento da Fundação CASA.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), o Enem PPL obteve 31.765 inscrições de 1.078 unidades prisionais e centros socioeducativos localizadas em 577 municípios brasileiros. As provas serão aplicadas por profissionais contratados pelo Inep.

Ao contrário dos outros anos, em 2017 o Enem PPL destina-se apenas a jovens e adultos que concluíram ou estão na última série do Ensino Médio. Aqueles com 18 anos ou mais que pretendem a certificação do Ensino Médio participarão do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional), cujos testes serão nos dias 19 e 20 de dezembro.

O Enem PPL, como o Enem geral, dá a possibilidade aos adolescentes de acessar os programas públicos de Ensino Superior, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), as bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Na Fundação CASA, a preparação o exame acontece principalmente no período da educação escolar, cujas aulas são ministradas por professores da Secretaria Estadual da Educação. A educação formal na Fundação segue o calendário e o material didático da rede pública estadual.

(Com assessoria)