Existe ou não existe uma banda meio podre na política regional?!

Redação Diário | Diário Botucatu
Prédio da Câmara Municipal de Botucatu: aqui são votadas e aprovadas as leis que devem beneficiar a população da cidade. É a sede do Poder Legislativo: o nosso espelho da Câmara Federal, que define as regras que regem a vida do cidadão no município.

Se a ideia é separar a banda boa da banda podre, o exercício começa no próprio quintal. Nas associações de bairros, nos clubes sociais e esportivos, nas entidades de classe, nos movimentos sociais e culturais, no papel da mídia, na fiscalização e acompanhamento objetivo do trabalho dos nossos prefeitos e vereadores (para saber se não estão negociando leis que beneficiam uns e prejudicam outros de forma intencional), na publicidade e transparência dos gastos públicos municipais, que precisam ser divulgados e apresentados de uma forma que a maioria das pessoas possa compreender.

Botucatu, por exemplo, tem um orçamento de mais de R$ 300 milhões anuais. A cidade é uma das centenas espalhadas pelo país, que recebeu recursos de emendas de vários dos deputados federais de diversos ministros e ex-ministros do PT, do PMDB, do PSDB, do PR, do PTB, do PT, do PP, do PRB e de outros tantos partidos políticos que hoje estão enrascados nas claras denúncias que estão sendo investigada pela Polícia Federal, encaminhadas com objetividade e franqueza pelo procurador geral da República, e em sua grande maioria julgadas como procedentes nos tribunais onde são julgadas.

Redação Diário | Diário Botucatu
Prédio da Prefeitura Municipal de Botucatu: a partir deste prédio são definidas as prioridades onde o orçamento municipal será investido, que depois passa pela aprovação do Poder Legislativo. O orçamento anual da cidade hoje ultrapassa R$ 300 milhões.

Uma cidade universitária como Botucatu, com sua massa intelectual, repleta de servidores públicos das três esferas (municipal, estadual e federal), um município com tradição política no interior paulista, que lidera o desenvolvimento de uma microrregião importante, não pode e não precisa conviver com a dúvida. Merece um solene esclarecimento.

Veja também: