Botucatu recebe etapa do Campeonato de Aeromodelismo

Nos dias 22 e 23 a cidade vai receber fãs e esportistas da modalidade ao lado da subestação da CESP, na Rodovia Gastão Dal Farra

Reprodução
Acrobacias e velocidade estão entre as categorias disputadas no Voo Circular Controlado (VCC)

Botucatu vai receber, nos dias 22 e 23 de abril, a 18ª etapa do Campeonato do Interior Paulista de Aeromodelismo. O evento, realizado pela sexta vez na cidade, conta com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Esportes e Promoção de Qualidade de Vida e da Secretaria da Educação, que disponibilizou o local das provas.

Serão duas modalidades de VCC (Voo Circular Controlado): acrobacia e velocidade. Elas serão realizadas na Rodovia Gastão Dal Farra, ao lado da subestação da CESP, nas dependências da EMEF Elda Moscogliato.

Na acrobacia, quatro categorias: Fai, Mini Fai, Intermediários e Iniciantes, separados por experiência. Os pilotos devem executar com precisão uma sequência de manobras pré-estabelecidas. E na velocidade (speed força livre), vence o competidor que completar 20 voltas no menor tempo.

Reprodução
Na edição de 2015, diversos amantes da modalidade compareceram à pista

O Voo Circular Controlado é a modalidade em que piloto e avião ficam ligados por cabos, que controlam o aeromodelo para cima ou para baixo, além de sua direção. “Durante o voo, em média 7 minutos, é exigida alta concentração para realizar movimentos precisos com a mão para transferir os movimentos do manete aos comandos do aeromodelo”, afirma Marcos Zimerer, organizador do evento.

O voo circular controlado possui modalidades que vão desde acrobacias, onde o piloto tem que desenhar figuras no céu com o aeromodelo; escala, onde o construtor procura reproduzir certo modelo de avião em escala menor com todos seus detalhes; velocidade; e combate, onde dois aviões tentam “cortar” uma fita presa na parte traseira do modelo adversário; além da prática do VCC como lazer.

Zimerer acredita que o evento terá a boa presença do público. “Creio que será um grande evento como foram em anos anteriores, organizados pelo idealizador da pista de VCC em Botucatu, o aeromodelista Osni Buchler”, diz.

Durante as provas, a pista estará aberta ao público. O estacionamento também é gratuito.
Serão cerca de 30 participantes de diversas cidades do estado, incluindo competidores de Goiás.

 

Aeromodelismo em Botucatu (e no mundo)
O VCC é praticado no mundo todo, com destaque para a Rússia, Ucrânia e Estados Unidos. Segundo Zimerer, o grande diferencial é a interação entre os pilotos, seja em voos por lazer ou em competições. “E não há limite de idade para a prática do VCC. Desde que a prática do esporte por crianças seja supervisionada por adultos, visando sua segurança”, afirma.

A maioria dos modelos de avião utilizam motores à combustão e possuem alto giro e potência. “A maior parte dos praticantes do VCC constroem seus aeromodelos utilizando plantas e variados tipos de materiais, somando conhecimentos de aerodinâmica, física, engenharia de materiais, matemática dentre muitas outras tecnologias”, conta Zimerer.

Atualmente, existem diversas lojas especializadas em materiais para a construção de aeromodelos, além dos já prontos. Além disso, grupos de aeromodelistas de todo o mundo compartilham materiais técnicos, fotos etc, através de páginas no Facebook, blogs, sites e revistas especializadas.

Os interessados em construir e voar aeromodelos em Botucatu podem entrar em contato pelo e-mail marcoszimerer@hotmail.com, que será agendado um voo com avião-escola na pista de VCC.

Reprodução
Marcos Zimener, organizador do evento em Botucatu, espera mais um bom público nesta edição

Veja também: