Nova escola em Rubião Júnior deve ficar pronta em dezembro

obra-da-escola-de-rubiao-foto-igor-medeiros-1-customDivulgação

Na manhã desta quinta-feira (3) o prefeito de Botucatu, João Cury Neto, acompanhado da secretária municipal de Educação, Edileine Fernandes Henrique (Dila), da gestora da EMEF – “João Queiroz Marques”, Luciana Mara, e dos engenheiros Renato Montanha e Atilio Mazeto, visitou as obras da nova escola de Ensino Fundamental na Vila Nossa Senhora das Graças, no Distrito de Rubião Júnior.

A construção da nova escola, que  está a cargo da Comercial 3D do Brasil Ltda,  vencedora do processo licitatório, é realizada através de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Educação/Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) e o município de Botucatu, em um investimento no valor de R$ 3.332.850,00.

A construção da nova escola, que está em fase de conclusão, foi erguida em terreno de pouco mais de 4.600 metros quadrados, localizado entre as ruas Philadelfo Fernandes Oliveira, Luiz Cassinelli e Antonio Lopes, na Vila Nossa Senhora das Graças. São 2.400 metros quadrados de área construída incluindo oito salas de aula, dois laboratórios, quadra coberta, centro de leitura, laboratório de informática, entre outras dependências.

Ela inicialmente atenderá os cerca de 560 alunos do Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) que estudam na EMEF – “João Queiroz Marques”, em prédio compartilhado com o Estado. A proposta do Executivo, que será encaminhada para apreciação da Câmara Municipal, é que esta nova escola seja denominada de “Francisco Marins”, escritor botucatuense falecido em 10 de abril deste ano.

“A escola está ficando linda, faltando muito pouco para a conclusão da obra. A inauguração e entrega para os alunos está prevista para a segunda semana de dezembro. Um prédio amplo, moderno, acessível, com classes arejadas e muito espaço para os alunos”, conclui Dila.

Veja também: