Botucatu reage na cultura. É um bom termômetro?

No 1º semestre de 2017, o comparativo entre os espetáculos teatrais que se apresentaram nas duas cidades, mostra que Botucatu voltou a liderar em público pagante, apesar de Bauru ter o dobro da população

Redação Diário | Diário Botucatu
Bauru e Botucatu possuem dois teatros bem estruturados para receber espetáculos de produção mais rebuscada

Botucatu e Bauru possuem dois teatros bem estruturados para receber espetáculos de produção mais rebuscada. Ambos também são considerados bastante confortáveis para o público que prestigia a cada vez mais interessante agenda de espetáculos teatrais que percorre cidades do interior do estado.

Exatos 86 km de distância separam as duas cidades, que fazem parte do mesmo circuito. O Teatro Municipal de Bauru possui 456 lugares. O de Botucatu, 518. A Ferreira Produções é a empresa responsável por incluir na agenda cultural das duas cidades os melhores espetáculos em cartaz

 

Redação Diário | Diário Botucatu
Wagner Ferreira começou a atuar com produção cultural em junho de 2010, em princípio apenas em Botucatu. Hoje faz programação para seis bons teatros do interior paulista

O produtor cultural Wagner Ferreira começou a atuar com produção cultural em junho de 2010, em princípio apenas em Botucatu. A partir de 2011, em entendimento com os agentes das grandes produções teatrais, a agenda foi ampliada, com Bauru entrando no roteiro dos espetáculos que já faziam parte do calendário do Teatro Municipal de Botucatu.

“Como a logística de uma cidade para outra é muito prática, incluir Bauru no mesmo roteiro acabou ficando mais favorável. A maioria dos espetáculos que conta com atores consagrados manifestaram o desejo de aproveitar a vinda a Botucatu para incluir as duas cidades e com isso os custos de transporte de cenário e equipes de apoio teria os custos divididos entre as duas cidades e a receita também aumentaria”.

Segundo Ferreira, o trabalho de produzir cultura em uma nova cidade, não foi fácil no início. Mesmo com Bauru sendo uma cidade maior, a empresa teria ainda que construir laços mais firmes com o novo mercado. A bilheteria em Botucatu era sempre maior até meados de 2015, quando o agravamento da crise econômica mudou o cenário.

“Botucatu foi a cidade onde sentimos mais o reflexo nas baixas vendas de ingressos, chegando a um déficit de 30% em relação às bilheterias alcançadas com os mesmos espetáculos no Teatro Municipal de Bauru. Desde o início de 2017 esse panorama começou a se reverter novamente. O público de Botucatu reagiu e a procura por ingressos cresceu significativamente, conseguindo equiparar as vendas de ingressos com Bauru”, conta Ferreira, sem esconder a felicidade pela mudança no cenário.

Wagner Ferreira hoje tem o reconhecimento das maiores companhias de teatro do país e vai consolidando sua atuação e estabelecendo novas parcerias para garantir que bons espetáculos de sucesso no eixo Rio-SP possam fazer parte da agenda de quem valoriza a cultura no interior paulista. Hoje a Ferreira Eventos Culturais, que começou suas atividades timidamente em 2010 já possui atuação consolidada em 6 cidades: Botucatu, Bauru, Marília, Assis, Piracicaba e Araras e realiza mais de 80 espetáculos anuais.

Veja também: