Cocada caseira

Redação Diário | Diário Botucatu
Brazilian dessert Coconut candy cocada different tastes with coconut on wooden table. Selective focus

INGREDIENTES:

400 g de coco fresco ralado, grosso

2 e 1/2 xícaras (chá) de açúcar

1 e 1/2 xícara (chá) de água

1/4 xícara (chá) de leite condensado

óleo, o quanto baste para untar
MODO DE PREPARO:

Unte uma assadeira grande com óleo

Reserve

Coloque a água e o açúcar numa panela e leve ao fogo alto

Deixe a calda cozinhar até o ponto de fio médio

Despeje o coco na panela com a calda e mexa

Acrescente o leite condensado e continue mexendo até que comece a desprender do fundo da panela

Retire a cocada do fogo e coloque as colheradas sobre a assadeira untada

Espere endurecer um pouco e retire as cocadas da assadeira com uma espátula

Se quiser guardar a cocada, deixe esfriar bem e guarde num recipiente com tampa.

Você sabia?

Cocada é um doce à base de coco, tradicional em várias regiões do mundo, especialmente na América Latina e em Angola. Existem variantes quanto a receita aplicada em diferentes países, como a utilização de gemas, leite, leite condensado, rapadura, leite de coco e coco ralado queimado. Para dar sabores variados à cocada, podem ser acrescentadas polpas ou sucos de frutas. Em Angola a variante mais conhecida é a cocada amarela.

Na cultura popular, quando alguém se acha muito importante, é dito que ele(a) é (ou se acha) o “rei” ou a “rainha da cocada preta”.

No Candomblé e culturas afros, a cocada branca é denominada “Santo Antônio”, e assim solicitada nas bancas espalhadas pelas calçadas de Salvador (Bahia).