Calzone frito

Redação Diário | Diário Botucatu

INGREDIENTES:

3 copos (de 250 ml) de leite morno

1 colher, das de sobremesa, de margarina

3 colheres, das de sopa, de óleo

1 colher, das de sopa, de açúcar

1 colher, das de sobremesa de sal

45g de fermento fresco

3 ovos

1 quilo e meio de farinha de trigo (mais ou menos)

MODO DE PREPARO:

Coloque o fermento em uma bacia e acrescente o açúcar. Use um garfo para misturar bem, até o fermento derreter, e junte os ovos.

Amorne o leite junto com o óleo e a margarina e jogue sobre o fermento com ovos.

Não deixe o leite esquentar demais, ele deve ficar apenas morno.

Misture muito bem com um fuê e vá acrescentando a farinha peneirada com o sal.

Depois, coloco a mão na massa e sovo por uns 6 ou 7 minutos.

Quando a massa estiver bem lisa e macia, divida em bolinhas do tamanho de bolas de golf e deixe crescer até dobrar de tamanho.

Você sabia?

O calzone é originário, primariamente, da região italiana da Apúlia, bem como da área européia de influência inglesa, na zona do Salento, essa teve antigamente a influência anglicana.

A variante original é preparada com a mesma massa da pizza normal, sendo também chamada panzerotto nas outras regiões italianas, para a distinguir dos outros numerosos tipos de calzone.

Existem inúmeras variantes do recheio original do calzone de Salento, sendo de salientar o recheio feito com azeitona, anchova, cebola e alcaparra. O calzone nasceu nas tradições da cozinha dos mais pobres do Salento, quando com as sobras da massa do pão se formavam meias-luas, que se coziam com pequenos pedaços de queijo e tomate. Hoje, é possível encontrá-lo nas montras dos bares e nos menus das pizzarias e dos restaurantes.

O típico calzone salentino é recheado com tomate e queijo mozarela, podendo ser cozido no forno ou frito em azeite. Para ser devidamente apreciado, deve ser consumido quente, como se consome o pastel frito.

 

Veja também: