Programa de Habitação Para servidores estaduais tem unidades em Botucatu

Funcionários públicos estaduais devem realizar inscrição no site da Secretaria de Estado da Habitação antes da data do Feirão

Redação Diário | Diário Botucatu

O Governo do Estado de São Paulo realiza nos dias 20, 21 e 22 de outubro a segunda edição do Feirão Morar Bem, Viver Melhor, no São Paulo Expo. Serão mais de 10 mil imóveis disponibilizados em 23 estandes de incorporadoras do mercado. Além dos descontos oferecidos pelas parceiras e isenções de taxas e tributos, o governo irá disponibilizar R$ 40 milhões em aporte através do Cheque-Moradia. O subsídio para servidores do Estado ou beneficiários do auxílio moradia é destinado à compra de imóveis que custem entre R$ 87 mil e R$ 220 mil e pode variar de R$ 5 mil a R$ 40 mil, dependendo da renda familiar e da região metropolitana em que se localiza. Para que os servidores tenham acesso ao Cheque-Moradia durante o Feirão, é necessário realizar previamente a inscrição no site da Secretaria de Estado da Habitação (www.habitacao.sp.gov.br), no banner do evento. Os participantes podem comprar imóveis que estejam localizados na cidade ou na região metropolitana onde moram (há pelo menos um ano).

O evento será organizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Habitação, em parceria com Secovi-SP (Sindicato da Habitação), SindusCon-SP (Sindicato da Construção) e Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias).

Recomenda-se ao servidor do interior que consulte o site do Feirão com antecedência (www.feiraomorarbemvivermelhor.com.br/) e entre em contato com a incorporadora responsável para combinar como será feita a aquisição do imóvel nos dias do evento, sem a necessidade de se deslocar para a Capital.

O Cheque-Moradia tem como objetivo subsidiar a compra do primeiro imóvel para funcionários públicos estaduais, ativos e inativos, dos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário, com renda familiar bruta de até R$ 5.280, e os beneficiários do auxílio-moradia que recebem até R$ 400 por mês. Os valores serão acordados baseados nas rendas familiares mensais e nas regiões do Estado em que estão localizados os imóveis. Os subsídios só poderão ser utilizados durante o Feirão e o interessado (ou demais membros da família que componham a renda familiar) não pode ser proprietário de imóvel residencial ou ter recebido atendimento habitacional anterior.

MUNICÍPIOS COM EMPREENDIMENTOS
AmericanaFerraz de VasconcelosMaríliaSão Carlos
AraçatubaFrancaMonte MorSão José do Rio Preto
AraraquaraFrancisco MoratoPindamonhangabaSão José dos Campos
ArarasFranco da RochaPiracicabaSão Paulo
BauruGuarulhosPraia GrandeSorocaba
BiriguiItaquaquecetubaPresidente PrudenteSuzano
BotucatuItuRibeirão PretoTaubaté
CampinasJacareíSaltoValinhos
CatanduvaJandiraSanto André
CotiaJundiaí
DiademaLimeiraSão Bernardo do Campo

 

O Feirão é aberto para toda população!

O Feirão Morar Bem, Viver Melhor será aberto para toda a população interessada na aquisição da casa própria, disponibilizando imóveis com valores abaixo daqueles encontrados no mercado, contudo, somentefuncionários públicos estaduais e beneficiários de auxílio-moradia da CDHU terão acesso ao Cheque-Moradia.

O site tem todas as informações sobre o evento, inclusive a lista dos documentos que precisam ser levados e as regras para participar. Além disso, foram cadastrados os beneficiários do auxílio-moradia que se enquadram no programa. Em caso de dúvidas, o interessado pode entrar no Fale Conosco pelo site do Feirão ou ligar nos telefones (11) 2505-2724 / 2505-2725.

Sobre o Cheque-Moradia

O Cheque-Moradia terá validade de 90 dias, prazo estimado para viabilizar as contratações iniciadas durante o 2º Feirão e assinatura de contrato de financiamento habitacional com a Caixa Econômica Federal, e será disponibilizado por meio de um sistema online nos dias do evento. Os subsídios do cheque serão cumulativos com os subsídios federais.

O Feirão contará com a presença de 23 incorporadoras que irão ofertar mais de 10 mil imóveis novos em 40 municípios, em condições vantajosas para servidores públicos e beneficiários do auxílio-moradia. Poderão ser unidades prontas, em obras ou lançamentos na planta. As incorporadoras oferecerão desconto no valor dos imóveis, além de custear a documentação necessária, como registro do imóvel e pagamento do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). Com isso, os compradores terão mais oportunidades para conseguir financiamento habitacional do restante do valor do imóvel na Caixa Econômica Federal.

Veja também: