Para celebrar o Natal, Camim realizou almoço especial

Nesta época de final de ano, diminui a procura de moradores de rua pelo atendimento no Camim. Isso ocorre porque as pessoas nesse período vão buscar se aproximar de suas famílias

Todo ano, a equipe do Camim (Central de Atendimento ao Migrante Itinerante Municipal) realiza uma confraternização no Natal, mas em 2016 ela foi um pouco diferente. “A confraternização que realizamos é sempre entre os funcionários e os usuários do serviço, mas nesse ano convidamos pessoas que já foram moradoras de rua e agora estão inseridas no mercado de trabalho, constituíram família, enfim, conseguiram se reinserir na sociedade”, conta Neide Zonta, coordenadora do Camim.

A ideia com o convite é mostrar aos moradores de rua que é possível ter uma vida diferente. “Para as pessoas que estão em situação de rua sentir o quanto elas são importantes é fundamental. E quisemos mostrar isso também através dos exemplos”, destaca Neide.

Nesta época de final de ano, diminui a procura de moradores de rua pelo atendimento no Camim. Segundo Neide Zonta, isso se dá por que as pessoas nesse período vão buscar a reaproximação com suas famílias.

2016-12-22-photo-00000009Arquivo Pessoal
Neide Zonta: “Para as pessoas que estão em situação de rua sentir o quanto elas são importantes é fundamental. E quisemos mostrar isso também através dos exemplos”

“O natal é uma época muito ligada com a convivência familiar, e os moradores de rua também procuram se aproximar de suas famílias. Muitas vezes eles não passam o Natal juntos, mas procuram estar na mesma cidade, pois muitos já perderam o vínculo familiar”, explica Neide.

O almoço de Natal foi organizado pelos funcionários do Camim e todos os usuários do serviço puderam desfrutar de um delicioso churrasco. “Essa festa foi possível por conta dos funcionários do Camim, todos ajudaram da forma que podiam. Foi uma festa linda, emocionante”, salienta Neide.

A festa de natal contou até com amigo secreto. “Nós fizemos um amigo secreto entre os funcionários, mas cada funcionário presenteava também um usuário do serviço, assim conseguimos presentear a todos. Compramos panetones que foram doados a eles também. Inclusive teve uma pessoa que estava passando pela cidade, ela tomou banho, almoçou e depois ia seguir viagem. Eu entreguei o panetone para ele e disse que era para comer durante a viagem, mas ele me disse que estava indo encontrar o filho e iria presenteá-lo com o panetone. Ele me agradeceu, me deu um abraço e foi embora. Acho que esse tipo de recompensa não tem preço”, conta Neide, emocionada.

O Camim funciona 24 horas por dia, 7 dias na semana, portanto estará aberto nessa noite de natal para receber aqueles que não conseguiram chegar a seus destinos. Ou que apenas buscam um lugar adequado para dormir, se alimentar, receber um pouco de carinho e atenção neste Natal. E o melhor de tudo é que o Camim realiza esse lindo trabalho durante o ano todo.

 Confira como foi a confraternização do Camim na galeria abaixo:

Veja também: