Uma alameda sem a sombra do verde?

Redação Diário | Diário Botucatu

Uma leitora do Diário entrou em contato com a Redação para deixar sua observação como cidadã em relação à imagem divulgada pelo jornal da recém-construída Alameda Dom Zioni, que será a primeira a receber investimentos do município para ter iluminação de LED.

Apesar de elogiar a iniciativa da prefeitura, ela lembrou que o que identifica uma alameda são as árvores, que garantem a sombra adequada para um passeio adequado na via que tem no seu entorno alguns dos prédios históricos mais importantes da cidade, como riqueza arquitetônica.

Ontem, homens da prefeitura de Botucatu começaram a abrir os buracos nas calçadas para iniciar o plantio das árvores que fazem parte do projeto paisagístico da via, que liga a rua Dr. Coste Leite com a Rua José Dalfarra.  A nova rua vai ajudar a diminuir os constantes congestionamentos na região, causados pelo grande número de escolas que ficam no entorno.

Sem árvores, a nova alameda teria tudo para ser uma das ruas mais quentes e áridas da cidade, já que possui insolação direta praticamente durante todo o dia. No asfalto e calçada. Mas com certeza vai ser um dos bons lugares da zona urbana para fotografar do chão o nosso sempre incrível pôr do sol. Pelo menos nos finais de tarde.

Veja também: