Semanário Oficial do Município apenas online deve gerar grande economia

Divulgação

Botucatu realmente têm se colocado como um Município diferenciado no Estado no quesito desenvolvimento, graças a diversos investimentos que só estão sendo executados, motivados pela contenção de gastos e ajustes econômicos realizados desde o início do ano. Ainda em dezembro, o pensamento de otimizar o orçamento municipal continua pelo Executivo.

A prova disso é uma ação que deve reduzir para menos de 5% o valor gasto atualmente com a impressão do Semanário Oficial do Município. Um Projeto de Lei enviado pelo Executivo a Câmara dos Vereadores, sugere que a Secretaria de Comunicação faça, a partir de 2018, a publicação das informações oficiais da Prefeitura apenas no formato digital, através do portal www.botucatu.sp.gov.br.

A medida é uma resposta a um requerimento realizado pelo presidente da Câmara dos Vereadores, Izaias Colino.

“Fomos provocados pelo requerimento do presidente da Câmara, e notamos que o semanário impresso teve uma queda expressiva na procura pelos munícipes. Desde julho, logo que assumiu, o Secretário de Comunicação André Godinho, passou a avaliar as opções que poderiam ser colocadas em prática e chegou à conclusão de que o semanário eletrônico é a tendência, principalmente por conta da economia que gera aos cofres públicos”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

Um exemplo semelhante é o que foi realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, que no último mês de maio aboliu a impressão do Diário Oficial, o que passou a gerar economia estimada de R$ 6,3 milhões por ano e de aproximadamente 34 toneladas de papel por mês.

“No início do ano, acompanhando o ótimo trabalho de ajuste orçamentário realizado pelo Prefeito Pardini, pensei na possibilidade de Botucatu adotar a veiculação do Semanário apenas virtualmente, como muitas cidades já fazem. A publicidade oficial se mantem, mas agora com uma grande economia ao município”, cita o vereador.

(Com assessoria PMB)

Veja também: