Reforma da praça Izabel Arruda deve ser concluída até o final do ano

praca-isabel-arruda-foto-carlos-pessoa-2-customCarlos Pessoa

Após os serviços de limpeza, remoção do piso em pedra portuguesa, retirada dos paralelepípedos da Alameda República do Togo e definição do projeto paisagístico, as obras de reforma e revitalização da Praça Izabel Arruda, na região central da cidade, devem ganhar corpo nos próximos dias.

A partir da próxima semana, funcionários da Tecnoplan Planejamento e Empreendimentos Ltda., empresa responsável pelos serviços, deverão iniciar a alocação dos canteiros e dos espaços onde serão implantados o mobiliário urbano e os equipamentos previstos no projeto.

“Se as condições do tempo forem favoráveis conseguiremos avançar bastante com as obras nos próximos dias. Nossa meta é entregar a praça revitalizada até o final do ano”, anuncia José Orleans, diretor da empresa.

Localizada em uma das regiões mais movimentadas da cidade, próxima a diversas escolas, ao Hospital Unimed e à futura Pinacoteca, a Praça Izabel Arruda enfrentava problemas de conservação. Serão investidos R$ 477.571,96 na reforma completa do espaço que passará a contar com novo piso em material intertravado permeável e piso tátil direcional.

“Iniciamos o processo de reforma desta que é uma das mais tradicionais e representativas praças da cidade. Alguns ajustes foram feitos no projeto que passou a ser gerenciado pela equipe da secretaria de Planejamento. É mais um investimento importante para revitalização de um grande espaço público, assim como aconteceu com a Praça Rubião Júnior”, ressalta o secretário de Obras, Rafael Athanazio.

O projeto prevê a construção de rampas de acessibilidade, novos bancos (86), jardineiras (10), lixeiras, bebedouros, playground, dois bicicletários (24 vagas) e áreas de convivência. O sistema de iluminação será modernizado com utilização de lâmpadas mais eficientes e econômicas.

Estacionamento será em 45 graus

As áreas de estacionamento serão preservadas com vagas em 45 graus, com destinação de vagas preferenciais para idosos e deficientes físicos (7), táxis (7), motos (24) e veículos de pequeno e médio porte (29).

A reforma da praça foi acompanhada da mudança na mão de direção da Rua José Dal Farra que passou a ter sentido único subindo em direção à Avenida Dom Lúcio, onde foi instalado um semáforo. Os trailers de lanche que funcionavam no local foram deslocados temporariamente para o Largo da Catedral.

O ponto de taxi foi remanejado para a Avenida Dom Lúcio. A ideia da prefeitura é que a remodelação da praça permita que o espaço componha um ambiente harmônico com o prédio do antigo Fórum, em fase final de restauração, para abrigar as instalações da Pinacoteca.