Petrobras anuncia aumento no preço do diesel, mas consumidor já paga mais caro na gasolina

Preço do etanol já se aproxima dos R$ 3; e a gasolina está cada vez mais próxima de R$ 4Bruna Zechel | Diário Botucatu
Preço do etanol já se aproxima dos R$ 3; e a gasolina está cada vez mais próxima de R$ 4

A Petrobras anunciou na noite de quinta-feira (5) um aumento de 6,1% no preço do diesel nas refinarias. O novo valor vale a partir desta sexta-feira (6). Segundo a estatal, não haverá reflexos no preço da gasolina.

De acordo com a estatal, se o reajuste for integralmente repassado e não houver alterações nas demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 3,8%, ou cerca de R$ 0,12 por litro, em média, nas bombas.

No entanto, ainda de acordo com a Petrobras, o impacto no preço depende de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e postos revendedores.

Causas

Em nota, a estatal diz que o reajuste se deve à elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais, à valorização do real desde a última revisão de preços e a ajustes na competitividade da empresa no mercado interno de gasolina e diesel.

“As revisões anunciadas refletem também movimentos sazonais nas cotações globais dos derivados, com os preços do diesel respondendo a uma maior demanda em função de inverno no Hemisfério Norte. A Petrobras reafirma sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis com alta volatilidade”, informou a companhia.

(Com informações da Agência Brasil)

Gasolina já está mais cara

Embora a Petrobras não tenha anunciado aumento no preço da gasolina, essa não é a realidade que os consumidores encontram nos postos de Botucatu desde o início de 2017. O preço do combustível foi reajustado e mais uma vez o aumento pesa no bolso do consumidor.

Segundo o levantamento da ANP (Agência Nacional de Petróleo) que fiscaliza os preços praticados, na semana de 25 de dezembro a 31 de dezembro, o preço médio encontrado na cidade de Botucatu era de R$ 3,782; já o menor preço encontrado no mesmo período era de R$ 3,659 e o maior preço R$ 3,899.

Os dados da primeira semana ainda não estão disponíveis no site da ANP, mas basta dar uma pesquisada nos postos da cidade para constatar o aumento. E não foi somente a gasolina que sofreu aumento nos preços, o etanol também está mais caro e já não está mais compensando em relação a gasolina.

A média de preço do etanol na cidade está na casa de R$ 2,96. Para saber qual combustível está compensando basta dividir o preço do etanol, pelo da gasolina. Para o etanol ser mais vantajoso o resultado precisa ser inferior a 0,70.

Um cálculo para exemplo:
  • Etanol: 2,96
  • Gasolina: 3,80
  • Resultado: 0,778

Como o resultado da divisão ultrapassou o valor de 0,70, neste caso, o combustível que está compensando mais é a  gasolina.

 

Veja também: