O “Confiança” pode ajudar muito a fortalecer a nossa confiança

Rebeca Selpis

Apoio político: Jad Zogheib com o ex-prefeito João Cury Neto e o atual, Mário Pardini

Pedro Manhães
Editor DB POCKET

A equipe aqui do DB Pocket acha que o pessoal de Botucatu vai gostar bastante desse casal que está chegando a Botucatu para abrir as portas de mais uma unidade de sua moderna rede de supermercados.

Aliás, tem muita gente que já gosta, deve ser por causa do jeitão meio libanês, do tipo que brota em tudo quanto é canto aqui entre nós: tem no topo da nossa universidade, no rádio, no comércio de rua então nem se fala.

Na nossa política local também tem muito libanês com tradição forte e contemporânea nessa cidade onde os Zogheib agora estão aterrissando com seus negócios neste momento. Na nossa boa gastronomia tradicional, pode ter certeza de que tem muita esfiha saborosa pra contar essa história.

Mas essa é outra conversa.

É claro que os Zogheib já devem conhecer muitos desses legítimos representantes dessa colônia: sempre uma boa prosa, boas risadas, espírito bom. Eu tô falando é do resto. Da turma que ainda vê o empreendedor que chega agora, meio do jeito que via o Paulo Nogueira, do McDonalds, quando ele começou a botar o pé aqui, uns dez anos atrás.

O Paulo chegou com aquele sorriso de homem feliz – de orelha a orelha – por estar entre nós, fazendo parte da nossa comunidade de uma forma que que agrega valor, que soma, ajuda a pavimentar um caminho. Era o McDonalds chegando… e mudando definitivamente o destino da Avenida Vital Brazil.

Um alívio pra gente como o Brizola (Posto Aparecida) e o Roberto (da Cervejaria Mão na Roda), que estacionaram lá bem antes, quando ninguém nem olhava direito praquele lugar. E olha o que é aquela avenida hoje em dia, sendo preenchida com inovadoras e imponentes novas torres no seu entorno.

É o relacionamento humano, gerando desenvolvimento urbano. Com qualidade, com arrojo, com ousadia, com fé no futuro. Pensa no tamanho que os nossos empreendedores locais pensaram grande, quando enxergaram o potencial da Vital.

Tudo isso aconteceu, nos últimos dez anos. Vai comprar um terreno lá hoje, vê o preço que tá?!

Com o tamanho do investimento privado que a cidade está recebendo com a chegada de Jad Zogheib e Cia. Ltda, bem que daria pra sonhar com uma unidade mais compacta do Confiança no Boulevard Cidade. Seria mais uma boa âncora para este novo centro comercial, que atinge um público mais jovem e bem mais antenado com a tecnologia das lojas do Confiança pensadas para o futuro.

Já que fincou o pé, meu caro Jad, agora olha pros lados. Tem muita gente querendo conversar para compreender sua visão de futuro em relação a este novo mercado, onde a gente sempre acredita que quem vem, é pra ficar. É pra somar com o esforço de todos nós, como acreditamos todos que seja o seu caso.

Mesmo antes de abrir sua nova loja, saiba que a gente reconhece que este ousado empreendimento já ajudou a melhorar a vida de muitos daqueles que perderam sua fonte de renda, por causa da forte retração econômica dos últimos três anos: ela impactou diretamente a qualidade de vida de milhares de famílias botucatuenses de muito valor.

Muitos desses valorosos homens e mulheres, jovens e maduros que estão podendo usufruir dessa nova oportunidade, ganhavam, até outro dia, o pão de cada dia em outras de nossas boas e muito bem estruturadas redes de supermercado ou em muitas de nossas empresas de outros segmentos, que tiveram que cortar custos para garantir uma travessia menos dolorosa pelo momento enfrentado pelo país.

Algumas dessas empresas que tiveram que abrir mão de seus recursos humanos treinados e comprometidos são marcas pratas da casa, dirigidas desde a origem por tradicionais e respeitadas famílias de nossa cidade. Gente que a gente respeita, como respeita também aqueles que vêm de outros lugares para fincar aqui uma nova bandeira e colaborar para o nosso desenvolvimento econômico, social e cidadão.

Ocupam, uma ou outra dessas redes menores, a liderança de mercado em alguns segmentos e regiões ignorados pelas grandes redes. Elas também enfrentaram – como qualquer negócio com alma brasileira – os efeitos da queda do poder aquisitivo da nossa população, que impactou diretamente o lar de milhares de famílias botucatuenses de muito valor. Mas foram elas que nos atenderam bem até agora, antes do Confiança chegar.

Sabemos da luta que está sendo para finalizar a nova loja. Que os visitantes que chegam e que saem possam se orgulhar da nova configuração do lugar onde a área central da cidade começa, o único ponto de chegada daquela “retão” que agente apelidou de Castelinho.

Ali na frente, do outro lado da nova rotatória, na nossa antiga e querida JVC, logo vai surgir algo para tentar lhe arrancar o brilho solitário, assim caminha o desenvolvimento: mas que o que vier pelo caminho nunca nos arranque a confiança.

Jad Zogheib, você sabe que a sua loja, a sua marca, a sua bandeira e a sua rede de supermercados, agora estão fincados na esquina direita de quem chega ao nosso rodoanel urbano, vindo da rodovia Castelo Branco. Aquele que um dia será a divisa entre a Botucatu do passado e a Botucatu do futuro. Esse é o tamanho da sua responsabilidade.

Um forte abraço

e boa sorte na vida!

Veja também: