Negociação salarial da Embraer: Fiesp apresenta nova proposta

Divulgação

Nesta quarta-feira (16) foi realizada a 6ª rodada de negociação da data-base 2016 entre a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que representa as empresas do setor aeroespacial, e os sindicatos que representam os empregados das unidades da Embraer no Estado de São Paulo.

Foram realizadas duas reuniões: uma como Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e o Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu; e outra com o Sindiaero (São Paulo, Taubaté, Sorocaba) e o Sindimetaero (Gavião Peixoto).

Durante as reuniões, a Fiesp apresentou duas novas propostas na faixa que contempla a Embraer:

1-) Abono fixo no valor de R$ 9.000 por empregado, independentemente da faixa salarial, o que representa aumento de 125% sobre o valor da primeira proposta apresentada. O valor seria pago em janeiro de 2017; Ou,

alternativamente:

2-) Abono fixo no valor de R$ 4.000 por empregado, independentemente da faixa salarial, a ser pago em 30 de novembro de 2016, somado a um reajuste salarial de 5% sobre o salário nominal a partir de janeiro de 2017.

A Fiesp informou tratar-se da proposta final e solicitou que as alternativas apresentadas fossem levadas à apreciação das categorias.

Os representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu e região foram procurados, mas não retornaram as ligações da equipe de reportagem.