Licenciamento antecipado do veículo pode ser solicitado ao pagar a 3ª parcela do IPVA

Basta o motorista pagar R$ 96,24 ao quitar o imposto para receber o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em casa e circular tranquilamente o resto do ano

Regularizar o veículo no início do ano e rodar em 2017 tranquilamente, sem se preocupar com a documentação do automóvel. Essa é a vantagem de realizar o licenciamento de forma antecipada ao quitar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

A terceira (e última) parcela do IPVA vence a partir do dia 9 de março e o motorista pode aproveitar para pagar junto os R$ 96,24 correspondentes à taxa do licenciamento e ao custo de remessa postal para receber em casa o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Não é necessário ir às unidades do Detran.SP ou imprimir boleto para pagar o licenciamento eletrônico antecipado, basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências bancárias ou no internet banking.

A entrega do documento é realizada pelos Correios em até 20 dias úteis no endereço de registro do veículo. Esse prazo leva em conta a grande procura pelo serviço de janeiro a março. Em 2016, foram realizados 3.136.230 licenciamentos eletrônicos nos três primeiros meses do ano.

O motorista pode acompanhar a entrega do CRLV pelo portal www.detran.sp.gov.br, em “Serviços Online”. A página fornece o código de rastreamento (A.R.) do documento para checar o andamento no site dos Correios.

“Muitas vezes, entre tantas obrigações no dia a dia, o cidadão pode se esquecer de licenciar seu veículo. Isso pode lhe trazer alguns problemas. Ao fazer o licenciamento antecipado, o motorista pode ficar tranquilo para circular o resto do ano”, explica o diretor-presidente do Detran.SP, Maxwell Vieira.

Conduzir veículo com o licenciamento em atraso é infração gravíssima, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O proprietário recebe multa de R$ 293,47 e sete pontos no prontuário. Além disso, o veículo é removido a um pátio.

O licenciamento anual é obrigatório em todo o país e a todos os veículos, independentemente do ano de fabricação. No Estado de São Paulo, existe um calendário oficial a ser seguido, entre abril e dezembro, de acordo com o final de placa. No total, existem mais de 28,3 milhões de veículos registrados no Estado.

Veja também: