Famesp recebe doação para construção de Espaço de Acolhimento Familiar junto à Pediatria do HCFMB

O valor doado pelo MotoShow complementará o montante gerado a partir das vendas dos sanduíches Big Mac, nos dois restaurantes do McDonald's em Botucatu, durante a edição deste ano do McDia Feliz

Redação Diário | Diário Botucatu

A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) acaba de receber a doação de R$ 4.800 provenientes do MotoShow 2017, realizado no estacionamento do Shopping Botucatu, entre os dias 25 e 27 de agosto passado. Além de motos de todos os estilos, o evento, que contabilizou a passagem de 10 mil pessoas, reuniu música, gastronomia e outros estandes de interesse do público envolvido com motociclismo.

O valor doado pelo MotoShow complementará o montante gerado a partir das vendas dos sanduíches Big Mac, nos dois restaurantes do McDonald’s em Botucatu, durante a edição deste ano do McDia Feliz Botucatu, realizado em 26 agosto. Todo este recurso será revertido à construção de um espaço de acolhimento e convivência familiar, que será instalado anexo ao Ambulatório de Pediatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB).

No fim da tarde da ultima quinta-feira (14), Augusto Albano, da Famesp, coordenador do McDia Feliz 2017, recebeu a oferta das mãos de Rivail Machado Júnior e Fábio Toledo, organizadores do MotoShow. O ato também foi acompanhado pelo vereador Paulo Renato da Silva e o empreendedor do Shopping Botucatu, Henrique Faraldo. Todos puderam ver em primeira mão o projeto conceitual do novo espaço a ser erguido dentro do câmpus.

Serão 215 metros quadrados de área construída e vários ambientes de uso comum, como: cinemateca, sala de informática, lavanderia, sanitários, copa, duas salas de aula para apoio pedagógico, sala de estar e recepção. O custo total da obra está estimado em R$ 350 mil. O funcionamento será das 8 às 18 horas, com uma programação de atividades fixa.

Sobre a Pediatria do HCFMB – A área de Pediatria do Hospital atende anualmente cerca de 2 mil crianças (de 3 meses a 14 anos). No ambulatório de oncologia pediátrica, hoje 150 crianças são assistidas, sendo que 40 estão em tratamento quimioterápico.

 

 

Veja também: