Detran.SP investe R$ 2,3 milhões para ações de segurança no trânsito em Botucatu e Jaú

Convênios com 13 prefeituras que totalizam R$ 21,1 milhões foram assinados nesta terça-feira (12)

Reprodução

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta terça-feira, 12 de dezembro, convênio do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito com as prefeituras de Botucatu e Jaú para a destinação de R$ 2,3 milhões a serem investidos em ações com foco na redução de acidentes e mortes. O valor é proveniente de multas do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP).

A cerimônia foi realizada no Palácio dos Bandeirantes e reuniu prefeitos e secretários de trânsito de outros 11 municípios com os quais também foram firmadas parcerias: Barueri, Campinas, Guarulhos, Hortolândia, Itapecerica da Serra, Itapeva, Itaquaquecetuba, Limeira, Mauá, Salto e São Bernardo do Campo. No total, as 13 prefeituras receberão quase R$ 21,1 milhões.

“Aqui estamos tratando como uma vacina essa que é a terceira causa de morte no mundo todo. Não é doença, é acidente rodoviário. E geralmente perto das cidades onde tem mais bairros, cruzamentos, pessoas andando a pé, de bicicleta”, explicou o governador. “Por isso resolvemos fazer esse programa e fomos buscar o dinheiro da multa. Aquele que comete infração, ele vai financiar a segurança no trânsito”, comentou.

“A união de esforços de todos, governo estadual, municipal e sociedade civil, é fundamental para salvarmos cada vez mais vidas no trânsito. O valor destinado às prefeituras será revertido em ações para a segurança no trânsito, como campanhas educativas, melhorias em calçadas, semáforos inteligentes, rotatórias e sinalização”, ressalta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.

Na ocasião, também foi autorizado realizar convênio com mais 36 cidades. Além de apoio técnico para criação de projetos, as parcerias preveem também recursos financeiros para viabilizar melhorias viárias e ações de educação para o trânsito.

“Com essa nova leva de assinaturas, avançamos, em apenas dois anos, de 15 para 103 municípios conveniados ao Detran.SP e Movimento Paulista. As parcerias são o ponto de partida para projetos que tornam nossas ruas e estradas mais seguras”, afirma a coordenadora do programa, Silvia Lisboa.

Entre os critérios para a escolha das cidades estão o número de habitantes e a proporção de óbitos causados por acidentes de trânsito. As fatalidades nos novos 36 municípios que serão conveniados (lista abaixo) correspondem a 10% das ocorrências do estado em 2017. A partir de agora, o Movimento Paulista passa a beneficiar 103 cidades que abrigam 78% da população e registram 69% das mortes no trânsito.

Novos municípios

1.        Andradina

2.        Araras

3.        Arujá

4.        Avaré

5.        Bebedouro

6.        Caçapava

7.        Caieiras

8.        Cajati

9.        Caraguatatuba

10.     Cubatão

11.     Embu-Guaçu

12.     Ibitinga

13.     Ibiúna

14.     Indaiatuba

15.     Itapira

16.     Itatiba

17.     Jaboticabal

18.     Juquitiba

 

19.     Leme

20.     Lins

21.     Mairiporã

22.     Matão

23.     Mirassol

24.     Mogi-Mirim

25.     Monte Alto

26.     Olímpia

27.     Penápolis

28.     Porto Ferreira

29.     Santa Isabel

30.     São Lourenço Da Serra

31.     São Sebastião

32.     Sertãozinho

33.     Taboão Da Serra

34.     Tatuí

35.     Valinhos

36.     Votuporanga