Comerciante se revolta com lei que quer proibir rojões e vídeo viraliza na internet

Ainda não é lei, mas o projeto que quer acabar com os fogos de artifício com barulho na cidade já está causando muita polêmica. No final do ano passado o assunto veio à tona e dividiu opiniões, principalmente às vésperas das festas de final de ano. O Diário publicou reportagens sobre o assunto em dezembro além de uma enquete. Confira:

Lei que proíbe fogos de artifício em Botucatu está em análise

84% dos leitores são a favor da proibição dos fogos de artificio com barulho em Botucatu

Mas nesta semana, o assunto ganhou novas páginas. O projeto de lei que quer regulamentar os fogos voltou a ser discutido entre os vereadores e mais uma vez a população voltou a se manifestar.

Nas redes do Diário, a maioria da opinião dos leitores é a favor da futura lei, já que há um apelo grande por animais, idosos e pessoas acamadas que sofrem com o barulho. Porém, um comerciante vem chamando a atenção por publicar um vídeo em sua rede social se manifestando contra o projeto.

Rodolfo (como ele mesmo se intitula no vídeo) tem uma loja que comercializa fogos de artificio na Cohab, em Botucatu, e decidiu fazer um vídeo para mostrar a sua indignação. O vídeo já foi visto por mais 23 mil pessoas e tem ajudado a deixar a discussão mais quente. Assista:

 

 

No vídeo, ele alega que paga seus impostos e sustenta sua família com o dinheiro que ganha vendendo fogos e acha um absurdo limitarem sua forma de trabalho.

Ele também fala da responsabilidade e dificuldade que um comerciante tem para vender fogos, já que são exigidas diversas licenças para poder comercializar o produto.

Rodolfo ainda fala sobre os animais. Ele diz ter quatro cachorros e que nunca fez mal a eles os barulhos, já que eles só acontecem duas vezes por ano. O comerciante ainda questiona se ao invés de criar a lei, por que os vereadores não buscam formas de tornar gratuito o atendimento médico veterinário do Hospital da Unesp e se eles não podem investigar a cobrança de eutanásia em clínicas particulares. Por fim, o comerciante ainda critica os serviços públicos e pede que os vereadores se preocupem com assuntos de cunho social.

 

E qual a sua opinião?

O Diário já questionou seus leitores, mas como o assunto voltou a discussão, queremos saber a sua opinião. Participe de nossa enquete:

Você é a favor da lei que proíbe a soltura de fogos com barulho na cidade?

  • Sim (69%, 61 Votos)
  • Não (31%, 28 Votos)

Total de Participantes:: 89

Carregando ... Carregando ...