Botucatu zera mortes no trânsito pelo segundo mês consecutivo

Redação Diário | Diário Botucatu

O número de mortes no trânsito de Botucatu caiu drasticamente neste ano com relação a 2016. Entre os meses de janeiro e setembro foram registradas 7 mortes contra 31 no mesmo período do ano passado, uma redução de mais de 75% dos casos. Os dados foram divulgados pelo INFOSIGA, base de dados do Governo do Estado que registra os acidentes com vítimas e óbitos nas cidades paulistas.
Pelo segundo mês consecutivo não foram registrados óbitos, o que comprova que as ações adotadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana, a partir da adesão ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, tem dado resultados positivos.

“A Semutran não tem medido esforços para manter e reduzir ainda mais esses números. Temos focado em ações educativas de trânsito e também na revitalização de sinalizações viárias. Porém o trânsito depende da colaboração de todos, principalmente no respeito as leis de trânsito, para que tenhamos uma cidade mais segura”, afirma o Secretário Adjunto de Mobilidade Urbana, Rodrigo Fumis.
Neste ano, não foram registradas mortes no trânsito botucatuense nos meses de fevereiro, março, abril, maio, agosto e setembro.

Movimento Paulista

O Movimento é um programa do Governo Estadual que tem como objetivo reduzir pela metade o número de óbitos no trânsito até 2020. Em busca disso, o Governo irá repassar R$ 100 milhões aos mais de 50 municípios conveniados ao projeto, para que estes desenvolvam ações que previnam acidentes.
Botucatu será contemplada com a verba de R$ 1,1 milhão, para execução de obras e melhorias no trânsito. O convênio deverá ser assinado em 15 dias e a quantia será repassada ao Município em março de 2018.
O recurso será utilizado em três frentes: reforço da pintura de solo nos principais cruzamentos da cidade; melhorias na Rodovia Alcides Soares, que liga a Região Leste ao distrito de Vitoriana; e a continuação de campanhas de educação de trânsito.