Atrasadas há quase um ano, obras devem ficar para 2017

Rua Doutor Jaguaribe será retomada apenas em 2017; mas Rodovia Gastão Dal Farra pode ser entregue ainda este ano

Segundo André Peres, Rodovia Gastão Dal Farra deve ser entregue ainda em 2016Sidney Trovão
Segundo André Peres, Rodovia Gastão Dal Farra deve ser entregue ainda em 2016

Dentre as obras que estão sendo realizadas pela Prefeitura Municipal de Botucatu, as da Rodovia Gastão Dal Farra e da Rua Doutor Jaguaribe, localizada na Vila Nossa Senhora de Fátima, têm sido alvos constantes de reclamações dos munícipes em decorrência dos atrasos nas entregas, que já duram quase um ano. O Diário conversou com o secretário municipal de Obras, André Peres, que explica o motivo da demora.

No caso da obra que está sendo realizada na Rodovia Gastão Dal Farra, Peres conta que o principal motivo que está causando o atraso é a autorização da Concessionária Rodovias do Tietê, que ainda não foi conseguida.

“Qualquer obra que formos fazer na Gastão Dal Farra nós vamos precisar interditar e jogar o trânsito na [Rodovia] Marechal Rondon, então precisamos de uma parceria com a rodovias do Tietê. O pedido já foi feito mas a concessionária também depende de uma autorização da Artesp. E se nós interditarmos por conta própria, a Polícia Rodoviária pode nos tirar de lá”, argumenta.

Entretanto, o secretário avisa que já estão sendo tomadas providências para que a entrega possa ser feita ainda em 2016. ”Hoje [ontem, dia 8] às 14h30, eu tenho uma reunião com a [concessionária] Rodovias do Tietê para nós tratarmos da interdição. Estamos com a intenção de retomar essa obra na segunda-feira (14), mas ainda não tem como dar certeza porque estamos na dependência da autorização, mas assim que ela sair nós já retomaremos com os equipamentos da obra e faremos o possível para entregá-la até o final do ano”.

Já no caso da reforma que está sendo feita na Rua Doutor Jaguaribe, o contribuinte do atraso têm sido o processo de quebra de contrato entre a empresa que havia ganhado a licitação e os demais conveniados, que já dura mais de três meses.

“Na [Rua Doutor] Jaguaribe nós temos um convênio entre prefeitura, empresa e governo do estado. Mas a empresa que ganhou a licitação praticamente abandonou o contrato, então nós estamos fazendo um trâmite para cancelá-lo. Entretanto, por se tratar de um convênio, há muita burocracia, por isso a obra está paralisada”, explica André Peres.

O secretário informa ainda que a obra só poderá ser continuada quando a questão do contrato for solucionada e que esta, provavelmente, não será entregue ainda este ano.

“Nós só podemos retomar a obra a partir do momento em que sair a revisão do contrato, mas provavelmente isso não aconteça esse ano, pois é uma obra demorada e que possui pontos críticos de intervenção, com muito tráfego de veículos. E eu também tenho medo de liberá-la em dezembro, que é justamente quando ocorre o período de chuvas”, explica.

Ao contrário da Gastão e da Jaguaribe, Ponte do Piapara será entregue ainda em 2016

Enquanto algumas obras encontram desafios para serem concluídas, outras seguem em um bom ritmo de trabalho, como é o caso da Ponte do bairro Piapara.

“Nós já fizemos o aterro e agora já estão sendo feitos os tabuleiros, que estão apenas esperando dar o tempo de cura para serem colocados. A obra está bem adiantada e será entregue esse ano”, conclui o secretário de Obras, André Peres.

Veja também: