Conselho realiza nova reunião e membros renunciam aos cargos

Após decidir pela retificação das multas, alguns conselheiros deixaram seus cargos no Conselho Municipal do Transporte Coletivo

2016-12-14-photo-00000052Sidney Trovão

Ailton Rodrigues, presidente do Conselho Municipal do Transporte Coletivo, abriu a reunião afirmando que seria colocada em votação novamente a questão das multas contra as empresas atuantes no município.

O conselheiro Jorge Clarell  Dornelles informou que o voto contra a aplicação das multas foi uma forma de protesto para que o conselho fosse ouvido. “Meu voto não foi contra a população ou a favor das empresas, mas sim um voto de protesto contra a prefeitura que não nos deu um parecer sobre a situação financeira das empresas”, afirma.

Não foi necessário rediscutir a questão, na ata da reunião foi retificado que as multas devem ser mantidas. “É importante dizer à imprensa que voltamos atrás na decisão, pois a divulgação das informações foram feitas de forma equivocada. Estamos sofrendo ameaças pessoais. Com essa atitude esperamos que a população fique mais tranquila”, afirma Ailton.

Na reunião não estava presente nenhum representante das empresas.

Após a votação, os membros pediram para se retirar do conselho e deixaram seus cargos. “Nossa decisão de sair do conselho é porque fomos muito xingados, maltratados, não pela secretaria, mas isso nos machucou demais. Fiquei seis anos no conselho e eu duvido que outras pessoas saibam e entendam do transporte como nós. Estamos colocando nossos cargos à disposição, e esperamos que os próximos façam um bom trabalho”, finaliza Ailton.

Renunciaram aos cargos:

  • Neusa Aparecida Pereira Martin
  • Valdir Pinto
  • Silvio de Souza
  • Benedita José da Silva
  • Ailton Rodrigues

Veja também: