Com 30% das lojas fechadas, comércio comemora primeiro final de semana de vendas natalinas

Presidente do Sincomércio ficou feliz ao ver clientes pela Amando e diz que a partir de agora quem ficar de portas fechadas vai perder vendas

O primeiro final de semana de lojas abertas foi de movimento intenso na Amando de Barros, rua com mais comércio da cidade. Segundo o Sindicato do Comércio, cerca de 30% dos estabelecimentos decidiu não abrir as portas, mesmo assim, os consumidores não se sentiram desanimados e foram às compras. “Quem abriu, vendeu e foi ótimo. Agora, o que os lojistas tem que entender é que portas fechadas não pagam boletos. É hora de aproveitar o movimento, já que o ano não foi bom”, afirma Fátima Baldini, presidente do Sindicato.

A partir desta segunda, a maioria das lojas deverá estar aberta até as 22 horas. Para incentivar ainda mais as compras, a rua Amando de Barros estará interditada para os veículos, possibilitando que os consumidores possam transitar pela rua como um calçadão.

Casinha e Papai Noel da ACE/CDL é atração na Praça do BosqueSidney Trovão
Casinha e Papai Noel da ACE/CDL é atração na Praça do Bosque

Além de lojas abertas, também está acontecendo a feira de artesanatos na Praça do Bosque, onde artesãos da cidade estão expostos até a véspera de Natal. Também na praça do Bosque está montada a Casa do Papai Noel promovida pela Associação Comercial e Empresarial/Câmara dos Dirigentes Lojistas (ACE/CDL), e a Maria Fumaça do Papai Noel, atrações voltadas a toda a família.

O comércio de toda a cidade estará aberto em horário especial até 23 de dezembro.

Leia também:

ACE/CDL promove Natal com ampla área de eventos e casinha do Papai Noel

Comércio de Botucatu ficará aberto até às 22h a partir de quarta-feira (7)