Vale para qualquer cidade. E também vale para o país.

Redação Diário | Diário Botucatu
O sentimento de que é preciso antecipar eleições para resolver a crise política cresce a cada dia junto à sociedade

Nas cidades, normalmente os governos municipais de alto impacto no tripé de “desordem, chantagem e corrupção”, deixam os serviços públicos – como escolas e postos de saúde – completamente sucateados. Também são comuns obras abandonadas e empresas fornecedoras e servidores sem receber o que tem direito. Quem vive nas cidades sabe disso. Quem vive em Brasília sabe muito mais.

Redação Diário | Diário Botucatu

O DINHEIRO PÚBLICO É SUFICIENTE.

 Cresce a cada dia na sociedade brasileira em todos os cantos do país, um sentimento de que é preciso fazer Eleições Diretas imediatamente para o Parlamento Brasileiro (Senado e Câmara Federal) e para Presidente da República.

Quem não possui legitimidade

O sentimento é o de que as mudanças, dessa vez – para que ocorram enquanto a máquina estatal não vira sucata – só vão acontecer se for de cima para baixo.

 Imagina o tamanho da gastança.

O governo Temer pode ter mais 16 meses manipulando quase um terço do orçamento do governo federal.  A conta, que vão deixar para a sociedade brasileira pagar. O “rapa” nos cofres públicos precisa ser contido. Fim de festa em governo que tem quadrilha trabalhando dentro normalmente deixa conta muito alta para o sucessor.  Mas quem paga o preço é o conjunto da sociedade.

Redação Diário | Diário Botucatu
A conta cresce porcausa da postura de quem trabalha neste prédio: os deputados federais e os senadores.
Quem autoriza a gastança senta na cadeira principal do terceiro andar do Palácio do Planalto, onde fica o gabinete do presidente Michel Temer. A relação é semelhante a que muitos prefeitos tem com as Câmaras de Vereadores em muitas cidades do país.

 

Veja também: